quarta-feira, 1 de junho de 2011

Mês tenso

Os primeiros dias desse mês de Junho prometem ser daqueles dos piores de todos os tempos.

Esse mês temos dois aniversários, e eu definitivamente não gosto de aniversários. O primeiro na verdade é um bem um aniversário, daqui uns dias se completarão 365 dias que estamos separados. O outro é o meu, o que até então não é problema, porque aniversário de inseto passa desapercebido, o problema é ele ocorrer justamente no tal dia dos namorados.

Pra completar a esculhambação, ainda vai ter festa na minha cidade, começa amanhã. Nisso todos os lobos espertlalhões de plantão que ficam sumidos muito tempo começaram a aparecer em volta dEla, é scrap pra cá, scrap pra lá. Dá raiva, não é ciúme é raiva, porque nego é muito canalha de não estar nem aí pra menina o tempo todo, e de repente, só chegar perto da festa, pra garantir uma pegação reaparece todo carinhoso. É lamentável. Mas burra dela que não enxerga, eu mesmo não tenho nada com isso.

Agora sobre os cimúes. Puta que pariu já morrendo. Só de pensar na possibilidade de ver ela com alguém já me dá calafrios, aliás são os mesmos que eu sinto quando me deparo com a possibilidade de eu ter que beijar alguma outra menina.

Sim ter de beijar alguém. Muito embora eu seja um macaco infame, volta e meia aparece alguém razoavelmente interessante querendo a gente, aí junta com a pressão da sociedade para o idiota "viver a vida dele" fica uma beleza. Sei que não é facinho não, por mais que não acreditem eu não quero beijar ninguém, tenho até um texto pronto sobre isso que será publicado muito em breve provavelmente.

Pra piorar ainda não estou com um bom pressentimento acerca dessa festa, afinal será a primeira das últimas quatro festas da cidade que passaremos separados, não será fácil e estou sentindo que nosso futuro começará a ser decidido para o bem ou para o mal nessa festa. Ou não...

Ou não.

1 pensamentos:

Pensando bem... disse...

Talvez seja o momento de começar a se acostumar viver as coisas da vida sem ela ... Não?
Quanto a me encontrar, talvez seja mesmo o momento ... =*

Postar um comentário